segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Recônditos anseios são poesia tb... rs

Odeio que seja implicante e irritante...
Que seja capaz de zombar de mim
Já expliquei que eu não beijei seu livro !
Aquilo foi tão ruim... foi tão esquisito !!...

No meio do nada você começa a cantar
E com as mãos faz sinais que eu quero ler
Odeio você quando lembro da sua barriga horrível...
Tenho certeza.. odeio odeio tudo isso !!

Daquela vez você fingiu bater com a cabeça
Acredita em mim, odiei !, que brincadeira besta.
Não sei o que é pior, se é odiar vc por isso...
Ou se é odiar esse seu sorriso !!

Ainda me lembro voce fez um carinho no meu rosto...
Nunca tive tamanho acesso de tanto desgosto.
Não me pergunte mais a operadora do meu celular !
Ve se me deixa em paz odeio a idéia de vc ligar

Lembro de vc cantando no meio da rua...
Lembro do elevador e do guarda chuva...

Saiba q eu odeio cada foto que vc tem
Sua camisa branca? eu odeio ela também !

Eu não suporto ouvir sua voz no telefone
Fico estranha só pelo fato ouvir seu nome !

Odeio perder pra você naquele jogo tão ridículo
E detesto a forma como você fala comigo
E Com certeza você já reparou e bem
Que odiei demais aquela foto que a gente tem

Odeio a idéia de estar junto de você
Sentir o perfume cujo nome eu nao sei
E todas as listras do seu time que eu só vi perder
Sei onde fica o elevador que eu sempre usei
Amo os sábados que não te vejo
Amo as vírgulas que você não usa
Gosto da ausência de teus beijos
Gosto de reconhecer minha loucura

Você, odeio gostar de você

6 comentários:

Prisca disse...

Aiii o amor...
as vezes é bom voltar a ter 13 anos^^ rs

Kinha disse...

vc axa? nãooo.. é preciso crescer...

raquel disse...

Vc fala assim ,mas no Fundo no Fundo ... humhumhum Prefiro nem Comentar !
Beijos :)

.lucas dom. lago disse...

Tá muito bom seu blog!
Deixei um selo pra vc, entra no meu blog
http://fogasssa.blogspot.com/
Beijos!

José Maurício disse...

"Você mudou meu jeito de pensar
Você mudou meu jeito de agir
Me deu sentido
Você está comigo
Vinte e quatro horas, e ainda assim é muito pouco..."

A música que veio na minha cabeça...

Amor, ódio, palavras opostas que dependem das circunstâncias.

Podemos estar pensando em ódio, mas na verdade pode ser amor, uma paixão avassaladora, um desejo contido que só sabe quem tem.

Angeli-Kinh@ disse...

José... vc falando assim vai me comprometer... rsrsrs