terça-feira, 10 de março de 2009

Amor (por Alexandre de Sá)

(...) Fico a pensar no coração humano (mesmo sem ser cardiologista). Coração que bate por afeto, atenção, carinho... Para contrariar os "românticos", discordo que o verbo amar se refere a um sentimento. Não! Pra mim, amar é mais que isso: é um comportamento.

(...) Fico a pensar nesses relacionamentos (se é que os posso chamá-los de re-la-ci-o-na-men-tos) que são frutos de um sentimento e nada mais. Creio que há uma compreensão errada do que é amar. Quando a bíblia diz que devo amar o meu próximo como a mim mesmo, não está simplesmente constatando que me amo e devo amar o meu próximo. Não! Isso seria algo muito superficial pra um livro que trata de questões tão profundas como a Bíblia! Da mesma forma, quando as Escrituras dizem que devo amar meu inimigo, ela não está querendo acabar com meu senso crítico e tornar-me um masoquista. Pelo contrário, ela me ensina que amar é usar a razão e não depender de um sentimento. Porque o sentimento pode variar "na véspera", de acordo com as "condições naturais de temperatura e pressão" (CNTP). [/kkk]Comportamento, no entanto, é uma decisão, escolha racional: amo e pronto.
(...)
Outra vez, para contrariar os "românticos", não tive nenhuma sensação diferente; nem por isso, duvido de minha conversão. Tive um encontro com Jesus (o Cristo) pela fé, fruto de Sua graça! Preciso admitir que durante minha caminhada com Jesus (o Cristo) sou tentado a trocar a fé por uns arrepios... Às vezes, até sinto uma atmosfera diferente, mas não posso - nem quero - ser refém de um sentimento.

(...)
Jesus, o modelo de vida! Porque amor é decisão, renúncia, cuidado, serviço, doação. Amor é um princípio! Amor é uma pessoa: Deus é amor. Amar é um verbo de ação e não de estado, ou melhor, é o Verbo que se fez pessoa: Jesus Cristo. E nossos relacionamentos? São baseados em qual modelo? O Jesus "ágape" (o Cristo) (...) ?"

Quando ele me chamou/ Não fez promessas/ Humanamente convincentes/ Nada que me enchesse os olhos/ Apenas disse que me faria um pescador/ Mas pescador de peixes eu sou/ E na verdade há muitos outros como eu/ Nós pescamos coisas distintas/ E mesmo que você não sinta /Tua vida algo vai buscar." (Pescador - Grupo Logos)


Alexandre de Sá - O que me faz viver - (Madonna está com Jesus, o outro)
http://oquemefazviver.blogspot.com/

5 comentários:

Adrianne Marreco disse...

oi linda!
Obrigada pela visita!
Não sou tão fashion assim! hahaha
Amei seu blog!
Vc estuda em q universidade?
bjs

Angeli-Kinh@ disse...

Mais fashion do que eu sem dúvida, é ! rs

Estudo na UniverCidade... será que tem dessa por aí? rs

Letras é tudo de bom... :)

Angélica Coutinho disse...

Que texto bacana, Angie... esse tal de Alexandre é o que? Teólogo? NUnca ouvi falar...

abraço, xará! agente se vê!

Alexandre disse...

Angy,

Obrigado por divulgar o texto! Ei, conheço a Adrianne Marreco! (rs)

Bj!

P.S.: Não sou teólogo... Sou um teoleigo mesmo. rs

Angeli-Kinh@ disse...

Ih... será que foi por ela?? Nem sei, Alexandre...rsrsrs e De nada! rs

'Teoleigo?? Vc eh um dicionário neologista ambulante, cara!! Adoreii!!

rsrs =)